Cadastre-se em nossa newsletter
Sistema PEMAFA – MEGA BAZAR DE NOIVAS EM PROL DA ACCCOM ACONTECE EM NOVEMBRO

 

 

 

Mega Bazar de Noivas em prol da ACCCOM acontece em novembro

Mega Bazar de Noivas e Festas em prol da ACCCOM

 

 

 

 

 

        Pelo quarto ano consecutivo, está de volta o Mega Bazar de Noivas e Festas beneficente à  Associação de Combate ao Câncer. Os vestidos foram gentilmente doados mais uma vez pela Zephora Alta Costura e também pela Pallas Athena. A parceria com a equipe do CEFET Divinópolis segue, para repaginação dos vestidos, formalizada como de Curso de Extensão. Será dia 13 de novembro, no Estrela do Oeste Clube, localizado à Rua Rio de Janeiro, 258, Centro, Divinópolis, das 18 até 22 horas. Vestidos cheios de glamour, com preços super especiais e em prol da luta contra o câncer. Muitos dos trajes nunca foram usados,  outros foram repaginados pela equipe do CEFET e se encontram em perfeito estado. Roupas deslumbrantes, saídas de um  sonho! Oportunidade imperdível!!! O pagamento poderá ser feito em dinheiro ou no cartão.

 

        Prof. Antônio Guimarães Campos, Coordenador do Curso Técnico em Produção de Moda do CEFET – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais nos dá seu depoimento sobre a parceria: “Para nós do CEFET Divinópolis é um orgulho muito grande e uma satisfação poder participar do projeto Mega Bazar de Vestidos de Noivas e Festas da ACCCOM.  Acreditamos e apoiamos o projeto desde o início uma vez que ele contribui para a geração de recursos financeiros para que a Associação continue realizando esse importante trabalho que existe desde 1995 de prevenção e combate ao câncer na região Centro-Oeste de Minas. Nossa participação no projeto tem despertado a chama do trabalho voluntário e o exercício da cidadania em toda nossa equipe: professores, servidores e alunos do Curso de Produção de Moda. Nós é que agradecemos a oportunidade de participar do projeto e tenho certeza que novos resultados proveitosos poderão surgir em futuros projetos através de nossa sólida e consolidada.”

 

        Repetimos o grupo de parceiros do ano passado, tão empenhado e de sucesso: Rodrigo Bessa, que organizará um desfile que promete ser fascinante. Apoios também do Instituto Embelezze, Z Cortinas, Cyclone Produções e Dj Jean Antunes, voluntários e funcionários da ACCCOM. Os ingressos, um quilo de pó de café para os pacientes e acompanhantes da Associação que estão no Hospital do Câncer na Casa de Apoio.  Nossa gratidão a todos que tornam este Mega Bazar de Noivas e Festas um sucesso e aguardamos vocês dia 13 de novembro! Informações: (37)3512.1537

 

Informações para imprensa:

Consuelo Reis Fonseca – Gerente de Comunicação

consuelo@acccom.org.br

(37)3512.1537

 

Saúde da Mulher: Informe-se!!!

Saiba como se prevenir contra o câncer de mama

Divinews – DIVINÓPOLIS: Bloco “Haja Amor” participa da 7ª Caminhada pela Vida da ACCCOM

 


 

Dando prosseguimento às atividades do Outubro Rosa, a Associação de Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas realizará, dia 20 de outubro, sábado, a Caminhada pela Vida, pelo sétimo ano consecutivo. O evento reúne centenas de pessoas na luta contra o câncer e pela conscientização sobre a importância de cada mulher se cuidar, buscar um estilo de vida saudável e realizar seus exames preventivos. A concentração para a caminhada será a partir das 8 horas da manhã, com informação, música e este ano um parceiro a mais, para alegrar e chamar ainda mais atenção para a causa: o bloco de Carnaval Haja Amor. O trajeto seguirá pela Av. 1º de Junho, Goiás, Av. Antônio Olímpio, São Paulo e chegada à Praça do Santuário. A Tv Integração mais uma vez é parceira do evento. 

 

A oncologista do Hospital do Câncer/ACCCOM, Dra. Sabrina Rolim Amorim, afirma: “o diagnóstico precoce faz toda a diferença, tanto em relação ao tratamento, que vai ser menos mórbido, vai causar menos prejuízo para a mulher, falando-se especificamente sobre o câncer de mama, quanto à possibilidade do tratamento efetivo dessa doença”.

 

Sobre o Outubro Rosa

O Outubro Rosa é um movimento popular conhecido em todo o mundo e comemorado anualmente. O nome se refere à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Iniciou nos Estados Unidos, nos anos 90, quando o laço cor de rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuídos aos participantes da 1ª. Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e desde então promovida anualmente na cidade.

 

O que é câncer de mama?

É uma doença causada pela multiplicação anormal das células da mama, que forma um tumor maligno. O câncer de mama tem cura, se descoberto no início.

Como prevenir?

Por meio da realização de alguns exames, principalmente do exame clínico das mamas e da mamografia. Todos devem ter cuidados com sua saúde, mas, para o controle do câncer de mama, algumas mulheres devem estar mais atentas e realizar exames periodicamente.

 

Quem deve estar mais atenta?

Toda mulher com 40 anos ou mais deve procurar um posto de saúde para ter suas mamas examinadas por um profissional de saúde anualmente. Entre 50 e 69 anos, a mulher também deve fazer uma mamografia a cada dois anos. O risco de câncer de mama aumenta com a idade. Uma parte destas mulheres ainda tem o fator da herança genética e, por isso, é importante que procurem o médico para avaliar seu risco de desenvolver a doença. A mulher com mãe, irmã ou filha que teve câncer de mama antes dos 50 aos, ou câncer de ovário, deve, a partir dos 35 anos, realizar o exame clínico das mamas e a mamografia uma vez por ano.

 

O que é o exame clínico das mamas? O que é mamografia?

O exame clínico das mamas é quando o médico ou enfermeiro observa e apalpa as mamas de sua paciente na busca de nódulos ou outras alterações. A mamografia é uma radiografia das mamas realizada por um equipamento chamado mamógrafo: é feita uma compressão das mamas para visualizar pequenas alterações, o que permite descobrir o câncer de mama em fase inicial.

E o auto-exame das mamas?

O auto-exame não substitui o exame realizado por um profissional de saúde treinado. Entretanto, é importante que a mulher esteja atenta ao seu corpo e à saúde das mamas. Se você observar alguma alteração em suas mamas, procure imediatamente o médico.

 

Como a mulher pode perceber a doença?

O câncer de mama pode ser percebido pela mulher como um caroço, acompanhado ou não de dor. A pele da mama pode ficar avermelhada ou parecida com uma casca de laranja ou ainda surgirem alterações no mamilo ou bico do peito.

Também podem aparecer pequenos caroços na região embaixo dos braços, nas axilas. Lembre-se de que nem sempre essas alterações são sinais de câncer de mama. Procure um médico mesmo que não tenha alterações em suas mamas, porque o câncer de mama pode não ser percebido.

 

O que mais a mulher pode fazer para se cuidar?

Não abusar de bebidas alcoólicas, não fumar, alimentar-se bem e praticar atividade que movimente seu corpo, tudo isso ajuda na prevenção de várias doenças, inclusive o câncer. Além disso, a amamentação e, principalmente, o controle do peso corporal depois da menopausa, podem prevenir o câncer de mama. Se a mulher for se submeter à reposição hormonal, é importante que converse com seu médico sobre riscos dessa prática.

 

Câncer de colo de útero

O que é o HPV?

O Papilomavirus Humanos (HPV), é capaz de induzir lesões de pele ou mucosa, as quais mostram um crescimento limitado e habitualmente regridem espontaneamente.

 

O HPV pode levar ao câncer?

O câncer de colo uterino é causado principalmente pelo HPV, transmitido através de contato sexual. Por isso, para combater o câncer de colo uterino é preciso, principalmente, se prevenir contra a transmissão do HPV e realizar o exame de prevenção (Papanicolau) de forma periódica para diagnosticá-lo precocemente.

 

Sintomas

Os sintomas do HPV costumam ser muito discretos ou inexistentes. Manter uma alimentação saudável, não fumar, fazer exercícios físicos diariamente e visitar regularmente seu médico contribui para a melhoria da saúde em geral e pode ajudar na prevenção deste câncer.

 
 
 
 
Portal G37 – Outubro Rosa na ACCCOM: 7ª. Caminhada pela Vida para alertar e conscientizar contra o câncer de mama

Outubro Rosa na ACCCOM

7ª. Caminhada pela Vida para alertar e conscientizar contra o câncer de mama

 
Pacientes da ACCCOM Cleide,de Cláudio,Irene,de Candeias e Juliana,de Campo Belo.

Dando prosseguimento às atividades do Outubro Rosa, a Associação de Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas realizará, dia 20 de outubro, sábado, a Caminhada pela Vida, pelo sétimo ano consecutivo. O evento reúne centenas de pessoas na luta contra o câncer e pela conscientização sobre a importância de cada mulher se cuidar, buscar um estilo de vida saudável e realizar seus exames preventivos. A concentração para a caminhada será a partir das 8 horas da manhã, com informação, música e este ano um parceiro a mais, para alegrar e chamar ainda mais atenção para a causa: o bloco de Carnaval Haja Amor. O trajeto seguirá pela Av. 1º de Junho, Goiás, Av. Antônio Olímpio, São Paulo e chegada à Praça do Santuário.Convidamos a todos para participarem conosco da 7ª. Caminhada pela Vida e a unirem-se nós nessa luta. 

 

A oncologista do Hospital do Câncer/ACCCOM, Dra. Sabrina Rolim Amorim, afirma: “o diagnóstico precoce faz toda a diferença, tanto em relação ao tratamento, que vai ser menos mórbido, vai causar menos prejuízo para a mulher, falando-se especificamente sobre o câncer de mama, quanto à possibilidade do tratamento efetivo dessa doença”.

 

Sobre o Outubro Rosa

O Outubro Rosa é um movimento popular conhecido em todo o mundo e comemorado anualmente. O nome se refere à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Iniciou nos Estados Unidos, nos anos 90, quando o laço cor de rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuídos aos participantes da 1ª. Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e desde então promovida anualmente na cidade.

 

Sobre o Câncer de Mama

O que é câncer de mama?

É uma doença causada pela multiplicação anormal das células da mama, que forma um tumor maligno. O câncer de mama tem cura, se descoberto no início.

 

Como prevenir?

Por meio da realização de alguns exames, principalmente do exame clínico das mamas e da mamografia. Todos devem ter cuidados com sua saúde, mas, para o controle do câncer de mama, algumas mulheres devem estar mais atentas e realizar exames periodicamente.

Quem deve estar mais atenta?

 

Toda mulher com 40 anos ou mais deve procurar um posto de saúde para ter suas mamas examinadas por um profissional de saúde anualmente. Entre 50 e 69 anos, a mulher também deve fazer uma mamografia a cada dois anos. O risco de câncer de mama aumenta com a idade. Uma parte destas mulheres ainda tem o fator da herança genética e, por isso, é importante que procurem o médico para avaliar seu risco de desenvolver a doença. A mulher com mãe, irmã ou filha que teve câncer de mama antes dos 50 aos, ou câncer de ovário, deve, a partir dos 35 anos, realizar o exame clínico das mamas e a mamografia uma vez por ano.

O que é o exame clínico das mamas? O que é mamografia?

 

O exame clínico das mamas é quando o médico ou enfermeiro observa e apalpa as mamas de sua paciente na busca de nódulos ou outras alterações. A mamografia é uma radiografia das mamas realizada por um equipamento chamado mamógrafo: é feita uma compressão das mamas para visualizar pequenas alterações, o que permite descobrir o câncer de mama em fase inicial.

E o auto-exame das mamas?

 

O auto-exame não substitui o exame realizado por um profissional de saúde treinado. Entretanto, é importante que a mulher esteja atenta ao seu corpo e à saúde das mamas. Se você observar alguma alteração em suas mamas, procure imediatamente o médico.

Como a mulher pode perceber a doença?

 

O câncer de mama pode ser percebido pela mulher como um caroço, acompanhado ou não de dor. A pele da mama pode ficar avermelhada ou parecida com uma casca de laranja ou ainda surgirem alterações no mamilo ou bico do peito.

Também podem aparecer pequenos caroços na região embaixo dos braços, nas axilas. Lembre-se de que nem sempre essas alterações são sinais de câncer de mama. Procure um médico mesmo que não tenha alterações em suas mamas, porque o câncer de mama pode não ser percebido.

O que mais a mulher pode fazer para se cuidar?

 

Não abusar de bebidas alcoólicas, não fumar, alimentar-se bem e praticar atividade que movimente seu corpo, tudo isso ajuda na prevenção de várias doenças, inclusive o câncer. Além disso, a amamentação e, principalmente, o controle do peso corporal depois da menopausa, podem prevenir o câncer de mama. Se a mulher for se submeter à reposição hormonal, é importante que converse com seu médico sobre riscos dessa prática.

 

HPV

Câncer de colo de útero

O que é o HPV?

O Papilomavirus Humanos (HPV), é capaz de induzir lesões de pele ou mucosa, as quais mostram um crescimento limitado e habitualmente regridem espontaneamente.

 

O HPV pode levar ao câncer?

O câncer de colo uterino é causado principalmente pelo HPV, transmitido através de contato sexual. Por isso, para combater o câncer de colo uterino é preciso, principalmente, se prevenir contra a transmissão do HPV e realizar o exame de prevenção (Papanicolau) de forma periódica para diagnosticá-lo precocemente.

 

Sintomas

Os sintomas do HPV costumam ser muito discretos ou inexistentes.

Manter uma alimentação saudável, não fumar, fazer exercícios físicos diariamente e visitar regularmente seu médico contribui para a melhoria da saúde em geral e pode ajudar na prevenção deste câncer.

 

Fonte: INCA – Instituto Nacional de Câncer

Outubro Rosa na ACCCOM: 7ª. Caminhada pela Vida, dia 20, para alertar e conscientizar

 

 

 

        Dando prosseguimento às atividades do Outubro Rosa, a Associação de Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas realizará, dia 20 de outubro, sábado, a Caminhada pela Vida, pelo sétimo ano consecutivo. O evento reúne centenas de pessoas na luta contra o câncer e pela conscientização sobre a importância de cada mulher se cuidar, buscar um estilo de vida saudável e realizar seus exames preventivos. A concentração para a caminhada será a partir das 8 horas da manhã, com informação, música e este ano um parceiro a mais, para alegrar e chamar ainda mais atenção para a causa: o bloco de Carnaval Haja Amor. O trajeto seguirá pela Av. 1º de Junho, Goiás, Av. Antônio Olímpio, São Paulo e chegada à Praça do Santuário. A Tv Integração mais uma vez é parceira do evento.       Convidamos a todos para participarem conosco da 7ª. Caminhada pela Vida e a unirem-se nós nessa luta. 

 

        A oncologista do Hospital do Câncer/ACCCOM, Dra. Sabrina Rolim Amorim, afirma: “o diagnóstico precoce faz toda a diferença, tanto em relação ao tratamento, que vai ser menos mórbido, vai causar menos prejuízo para a mulher, falando-se especificamente sobre o câncer de mama, quanto à possibilidade do tratamento efetivo dessa doença”.

 

        Sobre o Outubro Rosa

           O Outubro Rosa é um movimento popular conhecido em todo o mundo e comemorado anualmente. O nome se refere à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Iniciou nos Estados Unidos, nos anos 90, quando o laço cor de rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuídos aos participantes da 1ª. Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e desde então promovida anualmente na cidade.  

 

Sobre o Câncer de Mama

 

O que é câncer de mama?

É uma doença causada pela multiplicação anormal das células da mama, que forma um tumor maligno. O câncer de mama tem cura, se descoberto no início.

 

Como prevenir?

Por meio da realização de alguns exames, principalmente do exame clínico das mamas e da mamografia. Todos devem ter cuidados com sua saúde, mas, para o controle do câncer de mama, algumas mulheres devem estar mais atentas e realizar exames periodicamente.

 

Quem deve estar mais atenta?

Toda mulher com 40 anos ou mais deve procurar um posto de saúde para ter suas mamas examinadas por um profissional de saúde anualmente. Entre 50 e 69 anos, a mulher também deve fazer uma mamografia a cada dois anos. O risco de câncer de mama aumenta com a idade. Uma parte destas mulheres ainda tem o fator da herança genética e, por isso, é importante que procurem o médico para avaliar seu risco de desenvolver a doença. A mulher com mãe, irmã ou filha que teve câncer de mama antes dos 50 aos, ou câncer de ovário, deve, a partir dos 35 anos, realizar o exame clínico das mamas e a mamografia uma vez por ano.

 

O que é o exame clínico das mamas? O que é mamografia?

O exame clínico das mamas é quando o médico ou enfermeiro observa e apalpa as mamas de sua paciente na busca de nódulos ou outras alterações. A mamografia é uma radiografia das mamas realizada por um equipamento chamado mamógrafo: é feita uma compressão das mamas para visualizar pequenas alterações, o que permite descobrir o câncer de mama em fase inicial.

 

E o auto-exame das mamas?

O auto-exame não substitui o exame realizado por um profissional de saúde treinado. Entretanto, é importante que a mulher esteja atenta ao seu corpo e à saúde das mamas. Se você observar alguma alteração em suas mamas, procure imediatamente o médico.

 

Como a mulher pode perceber a doença?

O câncer de mama pode ser percebido pela mulher como um caroço, acompanhado ou não de dor. A pele da mama pode ficar avermelhada ou parecida com uma casca de laranja ou ainda surgirem alterações no mamilo ou bico do peito.

Também podem aparecer pequenos caroços na região embaixo dos braços, nas axilas. Lembre-se de que nem sempre essas alterações são sinais de câncer de mama. Procure um médico mesmo que não tenha alterações em suas mamas, porque o câncer de mama pode não ser percebido.

 

O que mais a mulher pode fazer para se cuidar?

Não abusar de bebidas alcoólicas, não fumar, alimentar-se bem e praticar atividade que movimente seu corpo, tudo isso ajuda na prevenção de várias doenças, inclusive o câncer. Além disso, a amamentação e, principalmente, o controle do peso corporal depois da menopausa, podem prevenir o câncer de mama. Se a mulher for se submeter à reposição hormonal, é importante que converse com seu médico sobre riscos dessa prática.

 

HPV

Câncer de colo de útero

O que é o HPV?

O Papilomavirus Humanos (HPV), é capaz de induzir lesões de pele ou mucosa, as quais mostram um crescimento limitado e habitualmente regridem espontaneamente.

 

O HPV pode levar ao câncer?

O câncer de colo uterino é causado principalmente pelo HPV, transmitido através de contato sexual. Por isso, para combater o câncer de colo uterino é preciso, principalmente, se prevenir contra a transmissão do HPV e realizar o exame de prevenção (Papanicolau) de forma periódica para diagnosticá-lo precocemente.

Sintomas

Os sintomas do HPV costumam ser muito discretos ou inexistentes.

Manter uma alimentação saudável, não fumar, fazer exercícios físicos diariamente e visitar regularmente seu médico contribui para a melhoria da saúde em geral e pode ajudar na prevenção deste câncer.

 Fonte: INCA – Instituto Nacional de Câncer  

 

Informações para a Imprensa:

Consuelo Reis Fonseca – Gerente de Comunicação

consuelo@acccom.org.br  – (37)3512.1537 

 

 

Foto: Pacientes da ACCCOM Cleide da Silva Carvalho Oliveira, da cidade de Cláudio; Irene Siqueira, de Candeias e Juliana Maria da Silva Monteiro, de Campo Belo

 

 

 

Outubro Rosa na ACCCOM: Comunidade unida para prevenção do câncer de mama

 

 

 

        Durante o mês de outubro a Associação de Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas tradicionalmente intensifica suas ações sobre a prevenção contra o câncer de mama e outros cânceres femininos. São dezenas de ações no mês em cidades como Carmo do Cajuru, Carmópolis de Minas, Divinópolis, Quartel Geral, Piracema, entre outras. Foram produzidas camisetas na cor rosa, intitulada “365 dias rosa”, para atentar sobre a importância de se prevenir sempre. A partir do dia 1º de outubro a Casa de Apoio e o Centro Oncológico serão iluminados na cor rosa. Dia 20 de outubro a entidade realizará a Caminhada pela Vida, pelo sétimo ano consecutivo, evento que tem reunido centenas de pessoas com o objetivo de chamar a atenção para a importância da prevenção contra o câncer de mama e de que cada um deve se responsabilizar por cuidar de sua própria saúde. A concentração será a partir das 8 horas, na Praça da Catedral e haverá orientações, música e apresentação da Banda de Música da Polícia Militar. O trajeto seguirá pela Av. 1º de Junho, Goiás, Av. Antônio Olímpio, Rio de Janeiro e chegada à Praça do Santuário.

 

        A oncologista do Hospital do Câncer/ACCCOM, Dra. Sabrina Rolim Amorim, explica: “o diagnóstico precoce faz toda a diferença, tanto em relação ao tratamento, que vai ser menos mórbido, vai causar menos prejuízo para a mulher, falando-se especificamente sobre o câncer de mama, quanto à possibilidade do tratamento efetivo dessa doença”.

 

        Convidamos a todos para participarem conosco da 7ª. Caminhada pela Vida, venham com a camiseta da caminhada, à venda na Casa de Apoio, Rua Niquelina, 620, Niteroi, fone (37)3229.8306 ou com uma camiseta na cor rosa. A Tv Integração é mais uma vez parceira neste evento.

 

Sobre o Outubro Rosa

           O Outubro Rosa é um movimento popular conhecido em todo o mundo e comemorado anualmente. O nome se refere à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Iniciou nos Estados Unidos, nos anos 90, quando o laço cor de rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuídos aos participantes da 1ª. Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e desde então promovida anualmente na cidade.            

 

Sobre o Câncer de Mama

O que é câncer de mama?

É uma doença causada pela multiplicação anormal das células da mama, que forma um tumor maligno. O câncer de mama tem cura, se descoberto no início.

 

Como prevenir?

Por meio da realização de alguns exames, principalmente do exame clínico das mamas e da mamografia. Todos devem ter cuidados com sua saúde, mas, para o controle do câncer de mama, algumas mulheres devem estar mais atentas e realizar exames periodicamente.

 

Quem deve estar mais atenta?

Toda mulher com 40 anos ou mais deve procurar um posto de saúde para ter suas mamas examinadas por um profissional de saúde anualmente. Entre 50 e 69 anos, a mulher também deve fazer uma mamografia a cada dois anos. O risco de câncer de mama aumenta com a idade. Uma parte destas mulheres ainda tem o fator da herança genética e, por isso, é importante que procurem o médico para avaliar seu risco de desenvolver a doença. A mulher com mãe, irmã ou filha que teve câncer de mama antes dos 50 aos, ou câncer de ovário, deve, a partir dos 35 anos, realizar o exame clínico das mamas e a mamografia uma vez por ano.

 

O que é o exame clínico das mamas? O que é mamografia?

O exame clínico das mamas é quando o médico ou enfermeiro observa e apalpa as mamas de sua paciente na busca de nódulos ou outras alterações. A mamografia é uma radiografia das mamas realizada por um equipamento chamado mamógrafo: é feita uma compressão das mamas para visualizar pequenas alterações, o que permite descobrir o câncer de mama em fase inicial.

 

E o auto-exame das mamas?

O auto-exame não substitui o exame realizado por um profissional de saúde treinado. Entretanto, é importante que a mulher esteja atenta ao seu corpo e à saúde das mamas. Se você observar alguma alteração em suas mamas, procure imediatamente o médico.

 

Como a mulher pode perceber a doença?

O câncer de mama pode ser percebido pela mulher como um caroço, acompanhado ou não de dor. A pele da mama pode ficar avermelhada ou parecida com uma casca de laranja ou ainda surgirem alterações no mamilo ou bico do peito.

Também podem aparecer pequenos caroços na região embaixo dos braços, nas axilas. Lembre-se de que nem sempre essas alterações são sinais de câncer de mama. Procure um médico mesmo que não tenha alterações em suas mamas, porque o câncer de mama pode não ser percebido.

 

O que mais a mulher pode fazer para se cuidar?

Não abusar de bebidas alcoólicas, não fumar, alimentar-se bem e praticar atividade que movimente seu corpo, tudo isso ajuda na prevenção de várias doenças, inclusive o câncer. Além disso, a amamentação e, principalmente, o controle do peso corporal depois da menopausa, podem prevenir o câncer de mama. Se a mulher for se submeter à reposição hormonal, é importante que converse com seu médico sobre riscos dessa prática.

 

Fonte: INCA – Instituto Nacional de Câncer  

 

Informações para a Imprensa:

Consuelo Reis Fonseca – Gerente de Comunicação

consuelo@acccom.org.br  – (37)3512.1537 

 

 

 

Portal AMIRT: Dia Nacional de Combate ao Fumo é celebrado na quarta-feira

 

 

 

Dia Nacional de Combate ao Fumo é celebrado na quarta-feira

Rádio Sucesso: Dia Nacional de Combate ao fumo é celebrado na quarta-feira

 

 

 

 

Dia Nacional de Combate ao Fumo é celebrado na quarta-feira

Selo empresarial
Conheça as empresas parceiras e saiba como fazer parte desta lista

Palestra para os funcionários com a gerente assistencial da @acccom, Ivana Coura, sobre, Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde. #Acccom #ContraoCancer #PelaVida 👏🏻🏢😊 @ ACCCOM — at ACCCOM facebook.com/18753753130065…

Cerca 4 dias atrás from ACCCOM's Twitter via Facebook

Compartilhe
Associação do Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas
Rua Topázio, 500, Niterói - Divinópolis - 35500-215 - Tel.: (37) 3512-1500
Todos os direitos reservados - © 2012 | 2013
Brustin Internet Creative